terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

RELATOS DE VIAGEM À PATAGÔNIA - DIA 10


18 de Março de 2014


Dormi elegantemente às vinte e duas horas e só acordei às sete horas da manhã. Noite muito bem dormida. Café da manhã às oito horas e trinta minutos, uma volta até o mirador para ver as montanhas e o vale lá do alto. Uma vista que vale a pena ver. Descemos do mirador e fomos logo fazendo as malas, a estrada nos esperava de novo. Nosso rumo, Puerto Natales, onde dormiríamos, novamente, no Hotel Ameríndia 
Chegamos já à tardinha, demos uma volta pela cidade, fizemos algumas compras e fomos jantar no Restaurante Andrés 
Um toque interessante deste pequeno restaurante é que uma única pessoa, o proprietário, faz a comida e serve, sozinho. A comida é muito boa, e ainda tomamos um pisco de aperitivo e um sorvete de sobremesa, como oferta da casa. Minha escolha da noite: sopa de mariscos, e um congrio à la marguerita. Já o vinho, um Undurraba, foi a nota ruim da noite, péssima escolha. Mas, considerando que uma viagem como essa é um enorme laboratório de experimentações diversas, deixo por conta do método de ensaio e erro a nossa escolha. Já o Hostel Ameríndia é muito divertido, além de bonito. O toque interessante do hotel é a diversidade linguística dos hóspedes. Ouvimos várias línguas diferentes no café do hotel. E um pessoal de serviço realmente interessante. Fica marcado como ponto forte da viagem.